Falsos Cognatos em Espanhol

9 principais falsos cognatos do Espanhol

Preparamos uma lista quente dos 9 principais falsos cognatos do Espanhol. Veja, conosco, como escapar de enrascadas, conhecendo o verdadeiro significado dos termos.

Vamos juntos nos divertir enquanto aprendemos? Então, bora!

1 — Todo mundo sempre tem um “apellido”

Apellido” — leia-se “apelhido” — soa e parece muito com nossos apelidos. Os nomes pejorativos e zombeteiros com os quais chamamos amigos e familiares.

Apelidos costumam tomar características ruins para fazer graça. Há, até, apelidos que buscam provocar desconforto, o que não é legal.

Porém, em países hispanófonos, todo mundo sempre tem um “apellido”. Ele advêm da família em que nasceu.

E, não: não é um cognome engraçado. “Apellido” nada mais é que o sobrenome de uma pessoa.

Assim, se alguém te perguntar ¿Cuál es su apellido?”, responda sem pestanejar: Pereira, Silva, Antunes, ou qualquer que seja seu sobrenome. Combinado?

Curiosidade

Em Espanhol, também existem apelidos. Eles são ditos “apodos”, “cognomes” ou “sobrenombres”.

Aqui, nasce um dos falsos cognatos acidentais: “apellido” é sobrenome; mas “sobrenombre” é apelido. Lembre-se disso!

2 — Quem nunca precisou de um “botiquín”?

Um coração partido sempre dói muito. E, segundo nos ensinou o sertanejo, nada melhor que a cachaça para curar.

Nessas horas, o jeito é procurar um botequim. Um canto precário que sirva bebidas baratas e comida gordurosa. Não é mesmo?

Porém “botiquín” não tem nada a ver com isso! Ele poderá até conter álcool. Mas a finalidade é outra. E por isso nasce um dos principais falsos cognatos do Espanhol.

“Botiquín” nada mais é do que uma caixa de primeiros socorros. Nele, há bandagens, material de limpeza e imobilização.

Desse modo, quando perguntarem ¿Dónde está el botiquín?”, esqueça o boteco. Foque na urgência atual, e aponte para a cruz vermelha.

Curiosidade

Quando quiser muito uma bebida barata num lugar duvidoso, pergunte pela “taberna”. Ela, sim, terá o álcool que você está precisando. Certo?

3 — Arrumou-se tanto que terminou “chulo”

Já imaginou alugar um fraque, luvas e, no fim, ser chamado de “chulo”? Seria terrível, não é mesmo?

Acontece que chulo, em Português, é algo mequetrefe, empobrecido, ruim. E ninguém quer parecer assim, quando vai a uma festa.

Outro dos principais falsos cognatos do Espanhol mostra-se aqui. Afinal, “chulo” é elegante, neste idioma.

Portanto, se te disserem ¡Qué chulo estás!”, trate de agradecer, viu?

Curiosidade

Em Espanhol, quando algo é verdadeiramente chulo, diz-se que é “torpe”. Significa desajeitado, grotesco.

4 — Um dos principais falsos cognatos do Espanhol: “Embarazo”

Muitas são as situações sociais em que ficamos ou deixamos alguém embaraçado. Quanto mais tímida a pessoa, mais ficará embaraçada.

Todavia, dentre os principais falsos cognatos do Espanhol, este é o que pode gerar mais problemas.

O problema repousa no seguinte fato: “embarazo” significa gravidez. Por isso, uma mulher “embarazada”, está grávida.

Imagine-se dizendo a alguém que sente muito pelo “embarazo”. Ou pior: que sente muito por ter deixado uma mulher “embarazada”. Que situação delicada, essa!

Curiosidade

O embaraço, em Espanhol, é o mesmo que vergonha. Assim, o sentimento de desconforto é, na verdade, um verdadeiro cognato: “vergüenza” é a palavra adequada.

5 — “Cola”, um dos principais falsos cognatos do Espanhol, pode gerar problemas

Um dos principais falsos cognatos

Quem nunca passou ou pediu cola em uma prova? Os mais disciplinados dirão que nunca. Mas nós, pobres mortais, já nos vimos numa dessas trapaças.

Ainda, há quem não tenha passado uma cola, mas, sim, cola. Para unir dois pedaços de um vaso quebrado, por exemplo.

Já o Espanhol possui outros significados bem diferentes. Eis um dos principais falsos cognatos do Espanhol mais aptos a gerar problemas.

Acontece que “cola”, em Espanhol, também é polissêmico. Entre os principais significados, vários são gírias.

O termo pode significar cauda de um animal, rabo. Só isso já pode confundir. Porém ainda há outros significados, como pênis e homem homossexual.

Dessa forma, pedir “cola” talvez não seja uma boa opção.

Curiosidade

Quem está sem roupas está “desnudo”. Para recordar-se, basta pensar em “despir”. As palavras despido e “desnudo” são muito mais próximas que “pelado”.

E então? Gostou dos principais falsos cognatos que selecionamos? Conhecê-los ajuda a evitar desconfortos e, até, constrangimentos.

Esperamos que você tenha se divertido bastante. E, caso tenha algum outro falso cognato interessante, coloque-o nos comentários. Assim, prendemos enquanto nos divertimos.

Compartilhe esta matéria e esteja sempre por aqui. Mais curiosidades e lições geniais ao seu alcance.

Até mais! Estejam sempre por aqui!

Redação Hablare

Hablare é um site de conteúdo para quem deseja aprender a falar espanhol. Temos conteúdos completos e dicas para tornar o seu aprendizado nesse idioma ainda mais cativante e divertido.

View all posts by Redação Hablare →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *